15/09/2003
O Mercado do Reggae e curiosidades sobre o vinil!


Com a cotação do dólar atualmente na faixa de 3 reais, está se tornando cada vez mais difícil comprar discos de Reggae Importados. A falta de um selo que lance material de gravadoras estrangeiras no Brasil é também um problema. Um mercado altamente promissor está sendo estragado pelas próprias gravadoras que cada vez mais aumentam o preço dos produtos, levando grande parte da população a apelar para a pirataria.

Hoje em dia um CD de Reggae importado pode ser encontrado na faixa de 50 até 70 reais nas lojas. Mas uma coisa que grande parte das pessoas não tem conhecimento é que quantias muito maiores são cobradas por um simples vinil. A grande maioria dos colecionadores de reggae preferem Vinis e compactos, por isso esses ítens são bastante valorizados entre eles. Só pra ter uma idéia, há lps que têm o valor semelhante a um carro zero km em sites de leilão estrangeiros (como o ebay - www.ebay.com).

Além disso tudo, mesmo colecionadores Brasileiros quando se desfazem de estimadas peças de coleção chegam a cotar
o produto em dólar. É realmente difícil para o público de reggae em geral, que na sua maioria é constituído por pessoas humildes, e com baixo poder aquisitivo comprar cds,lps,compactos originais. O preço alto dos ítens termina por estimular a pirataria, que é consumida pela grande maioria dos consumidores, não pelo prazer de ter um pirata e sim, pela impossibilidade de comprar os originais.

É fato que até mesmo pessoas que hoje em dia sequer possuem um computador ou outro aparelho capaz de tocar uma música em MP3 já contam com cds contendo esse tipo de arquivo. Com o mercado de cds em declínio em todo o mundo e a crise do MP3, é bem improvável que empresas nacionais invistam seja no lançamento de um selo para CDs de Reggae ou até importação.

Só para lembrar já tivemos no Brasil a alguns anos atrás gravadoras como a TOP TAPE, JHO RECORDS que tinham a disposição catálogo de duas das maiores gravadoras de Reggae do Mundo (Ras Records e Hearbeat, respectivamente). Porém foi pouco o que essas gravadoras lançaram no mercado nacional, chegando a ser raro hoje em dia encontrar cds de bandas como Black Uhuru, Gladiators, Israel Vibration por essas gravadoras. Esperamos que a indústria fonográfica realmente consiga superar a crise, que na minha opinião depende 95% dela, e possa disponibilizar para o público música de qualidade a preços acessíveis a toda a população.


Fonte: Rafael Surforeggae





'Vinil'


Vinil Festival 3! Evento no Maranhão reúne os maiores nomes da discotecagem em vinil do país!


Digitaldubs lança seu primeiro vinil produzido no Brasil nesta quarta, dia 30/11, na Casa da Matriz! Confira!


Vinil mostra que não morreu unindo-se ao MP3! Saiba mais sobre a história da "bolachinha" para os "arquivos"!


Toda discografia de Bob Marley em Vinil reunida em edição especial!






 
Jah Works
Vários Artistas
Filosofia Reggae

Estúdio Showlivre
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Mateus Rasta
   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin



DESENVOLVIMENTO